segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Campo São Jorge

CAMPO SÃO JORGE “os limites e possibilidades (?)”

A discussão aqui deverá ser permeada pelas questões de gestão de recursos hídricos de águas superficiais na bacia do Pitangui (alagados), o uso "inadequado" de áreas ciliares pela população como balneários, áreas de camping e lazer; gestão de águas subterrâneas no aquífero Furnas, o Geoparque dos Campos Gerais do Paraná e a conservação do patrimônio natural que a definição "Campos Gerais do Paraná" encerra.

A saída-atividade deverá ser realizada no dia 14 de Novembro de 2010, com horário de saída prevista para as 8h:30min da manhã, do estacionamento do centro de convivências do campus de Uvaranas, da UEPG, com um breve apresentação do campo (que já será feita no pré-campo do dia 12/13) e algumas recomendações de segurança, etc. A saída-atividade deverá durar o dia todo, com retorno previsto para as 18h:00 min, no estacionamento do bloco "G" de Educação Física, também no campus de Uvaranas da UEPG.

As atividades em campo desta saída deverão iniciar-se com um caminhada do "tetinho" do São Jorge, descendo até o pé da cachoeira santa Barbara, e pelo trajeto dever-se-à desenvolver os temas acima propostos. Como a atividade prevê o dia todo para sua realização, a alimentação dos participantes deverá ser no local do campo, com ponto certo a ser definido conforme o andamento da atividade(pode-se definir isso antes mesmo), para tal, contamos com o fornecimento de sanduíches pela Prefeitura Municipal de Ponta Grossa, que desenvolve um programa de assistência alimentar com o "sanduíche popular", estes deverão acompanhar a alimentação que aqui deverá ser reforçada com outros alimentos, ou ainda, pode-se pensar em preparar um almoço campeiro para os participantes.

Para a parte da tarde esta sendo pensado em uma pratica com o corpo de bombeiros sobre primeiros socorros em selva, e de combate a incêndios florestais, além, claro, de um "tibum" geográfico, nos panelões e piscinas naturais que o soalho rochoso do leito do rio São Jorge apresenta, assim, aproveitando também da atividade para dar um mergulho da "cachu", e desfrutar de tudo que o local nos oferecer de melhor.

esta atividade possui caráter didático pedagógico pela proposta como se apresenta, de oferecer espaço de diálogo, troca de saberes e experiencias, e de interação entre o conhecimento desenvolvido pela academia em seu contato com o objeto em estudo, na construção de um saber ainda mais amplo sobre a(s ) problemática(s) que apresenta(m). Além do caráter político que será aqui aplicado, uma vez que há a intervenção local, e que esta é perpassada pelo debate e troca de ideias na busca de encontrar alternativas para a resolução dos problemas aqui já elencados.

O número de participantes será limitada a 40 pessoas por questões de transporte e de segurança, uma vez que estaremos em campo e as condições não podem ser controladas de antemão, então aqui já se apresenta uma ação de precaução.

está sendo formada uma equipe multidisciplinar para estar desenvolvendo a organização desta saída-atividade com o objetivo de que assim possa-se trabalhar com mais conteúdo as propostas da saída-atividade, e que se possa também, ser absorvido pelos participantes uma quantidade maior de informações melhores apresentadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário